Adesão a consórcios cresceu 7,8% em 2017
Sem categoria 0

Adesão a consórcios cresceu 7,8% em 2017

Em momentos de crise, com o custo de vida mais alto, é necessário achar maneiras de adquirir bens sem colocar em risco o orçamento familiar. E parece que o brasileiro encontrou a receita para fazer isso: o consórcio.

Essa modalidade de aquisição de bens e serviços cresceu 7,8% nos primeiros meses deste ano, com um volume de negócios passando da casa dos R$ 36 bilhões.

Uma das causas desse acréscimo é a elevação da taxa de juros para financiamentos. Porém, essa não é a única justificativa. As pessoas estão mais conscientes e avaliam todos os fatores relacionados à compra antes de efetivá-la. Outro destaque nesse aumento de índice de vendas de consórcios é que as mulheres passaram a comprar mais por esse meio.

Está interessado? Clique aqui!

Em Santa Catarina, por exemplo, 24% das compras de veículos leves foram efetuadas a partir de consórcios, um aumento de quase 4% em relação ao ano anterior. Na sequência, aparecem as aquisições por meio e consórcio de imóveis, com 21% das vendas.

Atenção na hora de assinar contrato

Apesar de ser uma excelente opção para a aquisição de bens e serviços, antes de contratar um consórcio é importante ler com muita atenção o contrato para não ser pego de surpresa durante o correr do grupo. É preciso avaliar valores, quantidade de prestações, regras do grupo e, sobretudo, ter paciência, já que é impossível saber quando você será contemplado.

Com informações do Diário Catarinense.