Aprenda a técnica de consolidação de dívidas
Sem categoria 0

Aprenda a técnica de consolidação de dívidas

Método permite a redução do débito  tornando-se uma das opções mais vantajosas e práticas do mercado

Alguns métodos podem contribuir para riscar de uma vez por todas as dívidas e uma delas é consolidação de dívidas, ou seja, a técnica de concentrar todos os seus débitos em um só por meio de um empréstimo.  A prática contribui para que a pessoa consiga se livrar das diferentes taxas de juros e da tarefa complicada de ter quer fazer acordos com diferentes credores. A técnica está sendo bem recebida com a recessão econômica, que foi vivida intensamente no último ano e obrigou a maioria dos cidadãos à tarefa de revisar os gastos.

O primeiro a se fazer é analisar as taxas de juros de seus parcelamentos, inclusive do seu cartão de crédito. Em muitos casos, pedir um empréstimo com juros menores para quitar as dívidas pode ser mais vantajoso. Entre as modalidades de empréstimos praticadas pelo mercado, o crédito consignado é o que possui as taxas mais baixas, com valores que variam entre 2,1% e 3,1%. Para se ter uma idéia, os juros do cartão de crédito, por exemplo, giram em 15,6% ao mês.  A orientação é nunca deixar de comparar antes de qualquer decisão.

A tarefa de analisar toma tempo, mas é fundamental para saber se vale à pena contratar o empréstimo. Com a consolidação das dívidas é possível ter um controle maior do saldo devedor além de ser uma boa forma de poupar tempo e dinheiro.

Estude também a possibilidade de realizar a Portabilidade de Crédito, que permite você transferir uma dívida de uma instituição financeira para outra com os juros menores.  A transação está garantida pela lei do direito do consumidor desde 2006. É preciso dedicação e esforço, que serão compensados com as contas em dia  trazendo mais tranqüilidade e qualidade de vida.